Seja bem-vindo

Este é um blog que visa o fortalecimento da sua fé!!!

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Pergunta do internauta: O céu e o inferno existem?

Primeiramente deixemos que a própria bíblia nos responda:
“Então o Rei dirá aos que estão à direita: - Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo.” (Mt 25, 34)
A palavra de Deus nos deixa claro em muitas outras passagens a existência do céu e do inferno. (cf. Dt 26,15; I Rs 8,30; 22,19; Mt 5, 16.34.45;Mt 25, 41.46; Lc 3,17;Apoc 14, 11).
O catecismo da Igreja Católica assim se expressa em relação à existência do céu:

“Os que morrem na graça e na amizade de Deus, e que estão totalmente purificados, vivem para sempre com Cristo. São para sempre semelhantes a Deus, por que o vêem ‘ tal como ele é’ (I jo 3,2), face a face.” (CIC 1023).

A respeito do inferno assim nos ensina o catecismo:

“O ensinamento da Igreja ensina a existência e a eternidade do inferno. As almas dos que morrem em estado de pecado mortal descem imediatamente depois da morte aos infernos, onde sofrem as penas do inferno, “o fogo eterno”. A pena principal do inferno consiste na separação eterna de Deus, o único em quem o homem pode ter a vida e a felicidade para as quais foi criado e as quais aspira.” (CIC 1035)

Por tanto, o céu e o inferno existem, porém devemos saber que nós não temos idéia de como eles sejam. O céu (morada de Deus e dos santos) não fica lá em cima, muito menos podemos pensar que lá existe muita água, fartura, natureza belíssima etc. Pois estas são realidades do mundo físico, do nosso mundo, não do campo espiritual. Da mesma forma o inferno, não quer dizer que realmente fica lá em baixo. Quando Jesus fala em fogo, por exemplo, quer apenas mostrar para o povo simples, de forma simbólica, que lá terá sofrimento.
Por isso o céu e o inferno não são lugares (realidades físicas), mas ESTADOS. O que temos certeza é que o céu consiste em estarmos totalmente em Deus e o inferno é a ausência de Deus. (Obs.: Depois estudar sobre purgatório).
Termino com uma passagem bíblia belíssima, que resume tudo o que expressei anteriormente:

“Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou, tais são os bens que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” (I cor 2,9)

Nenhum comentário: