Seja bem-vindo

Este é um blog que visa o fortalecimento da sua fé!!!

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Pergunta: O papa vive cheio de ouro, enquanto os pobres passam fome. Por que ele não veio como Jesus na humildade e com roupas de mendigo?

Um primeiro ponto a ser esclarecido é que a Igreja não possui um acúmulo de capital! O que ela tem são patrimônios da humanidade. Só para se ter uma idéia as terras do vaticano, sede da Igreja, possui uma dimensão de 0,44 quilômetros quadrados. Também não é fácil manter uma Igreja que está no mundo inteiro e é chamada a evangelizar a todos.
Agora devemos perceber que idéia de riqueza temos. Na nossa sociedade contemporânea rico é quem tem muito dinheiro, muitas propriedades, terras, etc. Bens que a pessoa pode considerar seus verdadeiramente. Hoje temos muitas pessoas ricas e que crescem bastante economicamente, enquanto os pobres ficam cada vez mais pobres. Pensemos então: será que o papa, na nossa atualidade, é uma destas pessoas que cresce economicamente em cima dos pobres?
Veja bem: O papa tem uma importância enorme para toda a humanidade e por isso onde ele chega é bem acolhido por todos, porém o papa não é ESSENCIALMENTE RICO, POIS O POUCO QUE POSSUI NÃO É DELE MAS DA IGREJA. Ele é o chefe do Estado do Vaticano. Suas vestes e utensílios litúrgicos têm toda uma história e encontra fundamento na bíblia e na Sagrada Tradição Apostólica!
O papa, portanto, não vive em função de bens materiais, mas de alimentar a fé de tantos católicos existentes no mundo inteiro e que buscam um sentido para sua vida. Basta acompanharmos suas atividades diárias.
Outro ponto importante é que o papa como autoridade suprema da Igreja não pode andar com vestes comuns como nós, pois seus paramentos são carregados de simbolismos e também nos comunicam mensagens importantes como a utilização da cor branca, que simboliza a paz e de fato o papa é o sinal de paz e unidade para a humanidade!
Jesus devia ter sido muito bem acolhido no seu tempo, mas não o foi como devia porque “veio e os seus não o receberam” (Jo 1, 11).
O problema da desigualdade social, que é muito complexo, tem suas bases nas injustiças humanas, na busca acirrada e individualista de acúmulo de capital e isso não é da vontade de Deus. Disse Jesus: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10). Jesus sempre condenou a avareza!
Assim muitos que dizem que o papa e a Igreja são riquíssimos não conhecem a realidade da Igreja e as necessidades materiais dela no processo de evangelização, pois todos os anos o jornal do vaticano anuncia as contas da Santa Sé, sempre deficitária.

2 comentários:

Fernando Pacheco disse...

por quê a "igreja" tem tantos bens e as pessoas vivem com fome e com dificudades de saúde e sem uma condição de vida digna ?
Se a igreja prega humildade tem que ser humilde em vez de fazer uma só pessoa rica por não dá condições de vida a outras pessoas?
Pensem , reflitam e vejam se vocês estão relmente seguindo o exemplo de Cristo!

google mil disse...

è mesmo irmão fernando,Muitas igrejas ae ganham muito e não tem trabalhos sociais e evangelisticos.
Tipo se o papa se contentasse ficar com menos dinheiro e o resto ir pra missões.
Tipo o vaticano nunca ia ficar pobre.
Com o poder que o papa tem sobre os catolicos, se ele pedir para levantar um valor bem alto lá em prol de alguma causa ou necessidade ele consegue.