Seja bem-vindo

Este é um blog que visa o fortalecimento da sua fé!!!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

QUAL A RELAÇÃO ENTRE FILOSOFIA E RELIGIÃO

Em primeiro lugar devemos partir da definição do que é filosofia. Etimologicamente o termo filosofia significa "amor a sabedoria". Ela conduz o homem a buscar repostas para as mais diversas dimensões da realidade, dimensões físicas e metafísicas. Na carta encíclica "fides et ratio" o saudoso papa João Paulo II evidencia a posição da Igreja frente a importância do conhecimento filosófico para a compreensão da fé: "A Igreja, por sua vez, não pode deixar de apreciar o esforço da razão na consecução de objectivos que tornem cada vez mais digna a existência pessoal. Na verdade, ela vê, na filosofia, o caminho para conhecer verdades fundamentais relativas à existência do homem. Ao mesmo tempo, considera a filosofia uma ajuda indispensável para aprofundar a compreensão da fé e comunicar a verdade do Evangelho a quantos não a conhecem ainda." Ao longo da História da Filosofia foram muitos os pensadores que buscaram refletir sobre os fenômenos religiosos, uns para criticá-los outors para evidenciarem a sua importância. Destaco por exemplo a frase do famoso Francis Bacon: "Um pouco de filosofia leva a mente humana para o ateísmo, mas a profundidade da filosofia leva o homem para a religião." Algo semelhante foi dito por Antoine Rivarol: "um pouco de filosofia nos afasta da religião; muita filosofia a ela nos conduz." Na Idade média a Filosofia era considerada a serva da Teologia e serviu de base para a Igreja entender a realidade da fé e o próprio mundo de maneira geral. Santo Anselmo dizia: "Natura est ratio" (A natureza é racional). Mesmo diante do processo de secularização promovido pela modernidade, onde muitos pensadores resolveram separar de uma vez por todas filosofia e religião, ou melhor usar da própria filosofia para criticar a religião, temos exemplos de diversos filósofos e cientistas que não vêem incompatibilidade entre filosofia e religião. O próprio Albert Einsten é um exemplo disso. Ele afirmava: "A ciência sem a religião é coxa, a religião sem a ciência é cega." O Código de Direito Canônico estabelece que: "Os estudos filosóficos e teológicos, organizados no próprio seminário, podem ser feitos sucessiva ou simultaneamente, de acordo com as diretrizes básicas para a formação sacerdotal; compreendam, ao menos seis anos completos, de tal modo que o tempo reservado às disciplinas filosóficas corresponda a dois anos completos, e o tempo reservado aos estudos teológicos, a quatro anos completos. (CDC, 1983,cân. 250)." Por tanto filosofia e religião são elementos que se complementam e se constituem como intresecamente ligados no processo de maturação humana.
Jair Rodrigues

4 comentários:

anareis disse...

Estou fazendo uma Campanha de Natal para crianças necessitadas da minha comunidade carente,são crianças que não tem nada no Natal,as doações serão destinadas a compra de cestas básicas-roupas-calçados e brinquedos. Se cada um de nós doar-mos um pouquinho DEUS multiplicará em muitas crianças felizes. Se voce quiser ajudar é fácil,basta depositar qualquer quantia no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Voce verá como doar faz bem a Alma,obrigado. meu email asilvareis10@gmail.com

sandro disse...

Olá Jair sou de SP. tenho uma certa dificuldade em entender as coisam com facilidade ,você poderia resumir em poucas linhas a sua opinião sobre o assunto acima desde ja muito obrigado .

assembleiabelem disse...

Conheça nosso site, mensagens, videos, radios, forum, temas, livros gratis, PPs, Downloads, Papeis de Parede, blog, e temas importante da atualizade, Diversos Estudos, ..

http://www.assembleiabelem.br22.com

assembleiabelem disse...

Qual o erro novo CD da damares (diamante)

http://www.blog.assembleiabelem.br22.com/musica4.html

Saiba alguns significado de algumas palavras em nosso blog, aprenda para ensinar

Aproveite e Acesse nosso site

http://www.assembleiabelem.br22.com